Imprimir Resumo


Simpósio Mundial de Estudos de Língua Portuguesa
Resumo

Poster


A CIBERLITERATURA COMO ESTRAT…GIA MEDIADORA PARA O ENSINO DO G NERO CONTO DE FADAS: REFLEX’ES DE UMA EXPERI NCIA NO PIBID-UFRRJ

Autores:
Aline Monteiro Silva (UFRRJ - Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro) ; Carla Cristina Moraes Gomes (UFRRJ - Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro)

Resumo:

Este trabalho apresenta a relevância do ensino de literatura em todos os anos do ensino escolar e destaca a ciberliteratura (VIIRES, 2005) como método de ensino-aprendizagem, além de ressaltar a importância da atuação do professor para o estímulo da prática de leitura dos alunos, tendo como base os contos de fadas. Assim, a partir do trabalho desenvolvido em uma turma do 6º do Ensino Fundamental, o objetivo deste trabalho foi utilizar recursos ciberliterários dos contos de fadas como metodologia de ensino-aprendizagem. A inquietação para realização deste trabalho surgiu no âmbito do PIBID-UFRRJ, a partir da percepção de que os alunos na atualidade não buscam o contato com a leitura; infelizmente leem por obrigação. Certamente pode-se considerar que devido à concentração de tantas inovações tecnológicas, os livros tenham perdido espaço no cotidiano dos alunos. Entretanto, é possível utilizar esses recursos tecnológicos digitais no processo de construção do conhecimento e na difusão dos multiletramentos (ROJO, 2013). Além disso, existem inúmeras vantagens que uma leitura pode oferecer aos alunos em suas vidas para além da sala de aula, como a construção de valores, a ampliação do vocabulário, a ativação do pensamento crítico e reflexivo, o incentivo a concentração e a prática da boa escrita. Através de uma experiência vivenciada no PIBID, notou-se que os alunos preferiram a leitura de contos de fadas por considerarem mais simples. Tal gênero literário aparece no currículo básico do estado do Rio de Janeiro com a obrigatoriedade de trabalhar e explorar a narração, os personagens e outros poucos itens apenas no 3º Bimestre do 6º ano do ensino fundamental. Por esse motivo, este trabalho traça um paralelo entre o ensino de literatura e a relevância dos contos de fadas para o estímulo da prática leitora constante, ainda mais quando esse estímulo faz uso dos meios tecnológicos dos alunos.