Imprimir Resumo


Simpósio Mundial de Estudos de Língua Portuguesa
Resumo


A CONSTRUă├O DOS ETH╔ DISCURSIVOS DE IGOR KANN┴RIO

Autores:
Fernanda Ara˙jo Dias Mendes Xavier (UESB - UNIVERSIDADE DO SUDOESTE DA BAHIA)

Resumo:

Encontrar em outros a representação do nosso eu tem sido, muitas das vezes, a única saída para povo subalterno. Sem vez e nem voz nos espaços coletivos da sociedade, ele passa a ser discursivizado por outros que alcançam estrelato dentro da sociedade hegemônica. É partindo dessa visão que neste trabalho buscamos analisar como se dá a construção dos Ethé de Igor Kannário, a partir dos discursos musicais e políticos do cantor-vereador. Para tanto, servimo-nos da Análise do Discurso, no que se refere à Teoria Semiolinguística, a fim de levantar pressupostos teóricos capazes de concretizar os objetivos traçados. Assim, partimos de uma metodologia de pesquisa de natureza contrastiva-qualitativa do corpus, uma vez que se contrasta os discursos supracitados. Essa teoria, bem como sua metodologia, tem bases empíricas adotadas pela perspectiva teórica da AD de vertente franco-brasileira, com Patrick Charaudeau e no Núcleo de Análise do Discurso-UFMG. Além disso, encontramos outros aportes teóricos que nos ajudaram compreender o discurso, a identidade, das narrativas de vida e o Ethos discursivo. Entendendo que o sujeito se faz a partir da linguagem e nela constrói e colabora para a afirmação da identidade social e discursiva, tomamos o ato linguageiro como norte para a formação do Ethos discursivo do sujeito Igor Kannário. Como resultados, chegamos a um sujeito que, apesar de se moldar em contextos e situações comunicativas diferenciadas, mantém discursos coerentes – tanto no meio musical quanto no político – que, por si próprio, constrói seus ethé, principalmente o de “príncipe do gueto”.