Imprimir Resumo


Simpósio Mundial de Estudos de Língua Portuguesa
Resumo


Ecos de um portuguÍs brasileiro culto

Autores:
Felipe de Andrade Constancio (UERJ - Universidade do Estado do Rio de Janeiro)

Resumo:

Desde a década de 1980 do século passado, foram iniciados e concluídos muitos estudos em torno do chamado português brasileiro culto falado. Em quase quatro décadas de estudos, são vistas poucas iniciativas descritivas acerca do português brasileiro culto escrito. O trabalho ora proposto surge como mais um investimento potencial na descrição dos corpora que circulam no território da literatura e da mídia, ambas pós-modernas e portadoras de peculiaridades, cujos registros escritos englobam o que se costuma denominar português brasileiro. A proposição de um trabalho descritivo, que leve em conta a sistematização e a regularização das categorias de língua em textos escritos, incide, sobretudo, nas unidades do léxico e da sintaxe, no sentido de que essas unidades tendenciam a formação dessa língua particular no seio da lusofonia. Nos domínios da sintaxe do português brasileiro, não faltam exemplos acerca de colocação pronominal, concordância e regência, cuja manifestação aponta para a estabilização de uma língua culta em formação nos centros urbanos. Para nortear as discussões ora propostas, valemo-nos dos direcionamentos da perspectiva sociofuncional, que vê na língua o potencial de mudança e, ao mesmo tempo, vê o potencial de reanálise das categorias de língua. Pela perspectiva sociofuncional, são revisitados binômios conceituais, como norma padrão e norma culta, tão caros aos estudos de língua nos dois últimos séculos da gramaticografia brasileira.